A mãe reparou que o menino gostava mais do vazio do que do cheio.
Falava que os vazios são maiores e até infinitos.


[Manoel de Barros]

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da amizade.