Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

Resiliência

Você   atravessa minha pele,
rasga a minha alma.

Submete minha carne 
à insensatez de suas palavras.

Abuse enquanto ainda há tempo.
Arrasa-me enquanto pode .

Tenho sentido tua navalha,
mas fique esperto, 
aprendi muito com  teus cortes.