domingo, 1 de maio de 2011



 Nas incertezas de um caminho que é tão doído
Sem você eu já me encontrava tão sozinho(...)


Sem você, sem você  Nem o tempo me faz companhia
                                                       Não me arranca essa agonia de viver

(Paula Fernandes- Sem Você)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cultive sua flor... ઇ‍ઉ