quarta-feira, 26 de setembro de 2012



Por quantas impossíveis geografias
Ainda permaneceremos exilados na fronteira do equívoco
Mesmo nos sabendo vizinhos de terras devolutas?

. Ezio Déda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cultive sua flor... ઇ‍ઉ