Crise

  




É, os tempos não estão mesmo fáceis para o sonhadores...

São mesmo dias truculentos, em que contos de fadas- repletos de cuidado estético, literário, lúdico-  são censurados por , supostamente, agredirem à infância com suas histórias carregadas de "violência"  e letras de músicas ( se é que assim, posso chamar), paupérrimas, linguisticamente falando :  dá sintaxe à semântica, elevam-se como objetos de denúncia às opressões, como mecanismos de conscientização política, social, história, de gênero, etc etc etc.

Estar a pensar nisso causa-me " cansaços"  dignos de Álvaro de Campos...  E só me resta acordar com um outro poeta, um menino que muito sabia..." Coisa que não acaba no mundo é gente besta e pau seco" ( manoel de Barros).

Não à toa, o mundo anda às avessas...




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Calor.