domingo, 12 de dezembro de 2010



Minhas Palavras são extensões do meu corpo.Meus membros se apoíam nelas-daí que elas não serão nunca para o sujeito que sangra, meros reflexos ideiais, sublimados, inversões óticas da realidade. Quando a realidade está em jogo, quem toca uma de minhas palavras é como se tocasse na menina dos meus olhos... As palavras podem matar.


.Ruben Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cultive sua flor... ઇ‍ઉ