sábado, 29 de outubro de 2011



(Le silence éternel de ces espaces infinis m'effraie.)


Não facilite com a palavra amor.
Não a jogue no espaço, bolha de sabão.
Não se inebrie com o seu engalanado som.
Não a empregue sem razão acima de toda razão (e é raro).
Não brinque, não experimente, não cometa a loucura sem remissão
de espalhar aos quatro ventos do mundo essa palavra
que é toda sigilo e nudez, perfeição e exílio na Terra.
Não a pronuncie.





( Drummond) 

segunda-feira, 24 de outubro de 2011




‎"Meu amor virá por todos os poros
Da alma e se sobreporá a tez
Não trará da espera seu sentido de razão
Ainda será livre mesmo na sua entrega"

Cah Morandi

sexta-feira, 21 de outubro de 2011




Quando abro cada manhã a janela do meu quarto É como se abrisse o mesmo livro Numa página nova.

(Mário Quintana)

domingo, 16 de outubro de 2011



‎"Quem sabe Deus queira que você conheça muita gente errada antes que conheças a pessoa certa, para que quando afinal conheça esta pessoa saibas estar agradecido."

(Gabriel Garcia Marquez)

sábado, 15 de outubro de 2011


Eu, hoje, faço muito tempo. Sou lembrança. Um tom sépia, um cheiro de história contada por alguém numa cadeira de balanço, enquanto um e outro olhar atento tenta decifrar as memórias do que é antiguidade. Talvez meu lado de dentro seja um relicário...




(Jaya Magalhães)

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Dos Desencontros...


Sobrou desse nosso desencontro
Um conto de amor
Sem ponto final
Retrato sem cor
Jogado aos meus pés
E saudades fúteis
Saudades frágeis
Meros papéis
[Chico]

" Eeu? Tou fazendo Saudade.."


 [ A menina de Lá - Guimarães Rosa]

quarta-feira, 12 de outubro de 2011



Tentei não fazer nada na vida
que envergonhasse a criança que fui.

(José Saramago)

FELIZ DIA DAS CRIANÇAS!



Para aquelas que fazem jus à idade, E também para aquelas que são crianças eternas, no coração!

Das escolhas..


"Estar bem e feliz é uma questão de escolha e não de sorte ou mero acaso. É estar perto das pessoas que amamos, que nos fazem bem e que nos querem bem. É saber evitar tudo aquilo que nos incomoda ou faz mal, não hesitando em usar o bom senso, a maturidade obtida com experiências passadas ou mesmo nossa sensibilidade para isso. É distanciar-se de falsidade, inveja e mentiras. Evitar sentimentos corrosivos como o rancor, a raiva e as mágoas, que nos tiram noites de sono e em nada afetam as pessoas responsáveis por causá-los. É valorizar as palavras verdadeiras e os sentimentos sinceros que a nós são destinados. E saber ignorar, de forma mais fina e elegante possível, aqueles que dizem as coisas da boca para fora ou cujas palavras e caráter nunca valeram um milésimo do tempo que você perdeu ao escutá-las." 


(Friedrich Nietzsche)

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Quem inventou o amor?



Enquanto a vida vai e vem
Você procura achar alguém
Que um dia possa lhe dizer
-Quero ficar só com você

[Legião Urbana]

sábado, 8 de outubro de 2011

Quero essa herança ...




A minha herança pra você
É o amor capaz de fazê-lo tranqüilo
Pleno, reconhecendo o mundo
O que há em si .. ♪


[Vanessa da Mata]

As palavras fogem...



As palavras fogem
Se você deixar
O impacto é grande demais
Cidades inteiras nascem a partir daí
Violentam, enlouquecem ou me fazem dormir
Adoecem, curam ou me dão limites
Vá com carinho no que vai dizer...

[Vanessa da Mata]

Separação inexiste, se há força de amor e fé.
Sentir saudade é trazer, 
mais perto ainda, tudo que a gente pensa perdido.


Saudadear, dizia ele....

(Guimarães Rosa- " Primeiras estórias)

Sobre o arrepio..



O arrepio é quando,por serem tão leves,
seus dedos conseguem,
em cada um dos meus poros:
soerguer uma flor.


[Rita Apoena]

Preciso do teu silêncio
cúmplice sobre minhas falhas.
Não fale.


Um sopro, a menor vogal
pode me desamparar.
E se eu abrir a boca
minha alma vai rachar.


O silêncio, aprendo,pode construir.
É um modo denso/tenso
- de coexistir.
Calar, às vezes,é fina forma de amar.


(Affonso Romano de Sant'Anna)

                                                                 Foto: Lane.


Mania de jogar o cabelo pro lado. Mania de sorrir quando sente alguém olhando demais. Mania de coçar os olhos e olhar o visor do celular como se houvesse chegado alguma coisa e não viu. Mania de estudar escutando música e revirar os olhos sempre que escuta, ouve ou vê alguma bobagem. De sorrisos, de olhares, de vozes e cheiros. Mania de achar que nem tudo é aquilo que se vê. De imaginar situações com quem nunca viu e se arrepiar, sorrir, se desesperar por isso. Mania de fechar os olhos antes de dormir e te desejar boa noite em pensamento, dorme bem, sonha comigo, te quero muito e bem.

 [Caio Fernando Abreu]

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

terça-feira, 4 de outubro de 2011


Aprecio no mais alto grau a resposta daquele jovem soldado, a quem Ciro perguntava quanto queria pelo cavalo com o qual acabara de ganhar uma corrida e se o trocaria por um reino: “Seguramente não, senhor, e no entanto eu o daria de bom grado se com isso obtivesse a amizade de um homem que eu considerasse digno de ser meu amigo”.
E estava certo ao dizer se, pois, se encontramos facilmente homens aptos a travar conosco relações superficiais, o mesmo não acontece quando procuramos uma intimidade sem reservas. Nesse caso, é preciso que tudo seja límpido e ofereça completa segurança.

Montaigne, Da Amizade ( Adaptado).


Pendurado de banda no vão da varanda do prédio a rodar; 
Não sei mais se é o mundo que cai aos meus pés; 
Ou de pernas pro ar.


[Chico Buarque]

Da Amizade.


Em primeiro lugar (...) pode-se realmente “viver a vida” sem conhecer a felicidade de encontrar num amigo os mesmos sentimentos? Que haverá de mais doce que poder falar a alguém como falarias a ti mesmo? De que nos valeria a felicidade se não tivéssemos quem com ela se alegrasse tanto quanto nós próprios? Bem difícil te seria suportar as adversidades sem um companheiro que as sofresse mais ainda.

(...)

Os que suprimem a amizade da vida parecem-me privar o mundo do sol : os deuses imortais nada nos deram de melhor, nem de mais agradável.

[Cícero]

.






‎(...) Eu sei que a poesia está para a prosa
Assim como o amor está 
para a Amizade.

E quem há de negar que esta
lhe é superior? 

(...)

[Caetano Veloso- Língua]

segunda-feira, 3 de outubro de 2011


 Sim, o vagalume, sim, era lindo!- tão pequenino, no ar, um instante só, alto, distante, indo-se. Era, outra vez em quando , a Alegria.



[Guimarães Rosa]


Dai-me a alegria 
         Do poema de cada dia.
                E que ao longo do caminho
                     Às almas eu distribua Minha porção de poesia. 




[ Mario Quintana]






Chega mais perto e contempla as palavras.
 Cada uma tem mil faces secretas sob a face neutra
 e te pergunta, sem interesse pela resposta, 
pobre ou terrível, que lhe deres: 
Trouxeste a chave?


[Carlos Drummond de Andrade]













Rosto pleno de uma suave esperança


Que ninguém  dá e ninguém tira.

[Clarice Lispector]

sábado, 1 de outubro de 2011



Aqui me tenho como não me conheço nem me quis, sem começo nem fim. Aqui me tenho sem mim, nada lembro, nem sei.


[ Ferreira Gullar]


-Tudo é Questão de despertar a sua alma-

Gabriel Garcia Marquez.

Da espera...









‎'Que outubro venha com bons ventos, que me traga sorte e amor, que não me deixe sofrer, 




por favor. Só por um mês, faça tudo dar certo, depois veremos o que vamos fazer em 


novembro.'



[Caio Fernando Abreu]